Sinais de que sua bateria está prestes a morrer

A bateria do seu carro é responsável por alimentar o computador do seu carro, sistema de ignição, luzes, rádio e muito mais, por isso é importante monitorar sua condição para evitar ser pego. Um estudo recente mostrou que mais de 1 em cada 10 baterias de carro precisam ser substituídas. Problemas podem acontecer quase sem aviso, no entanto, existem alguns sinais importantes a serem observados ao verificar se a bateria de um carro está descarregada, diz a equipe Forte baterias em seu site: https://fortebaterias.com

Fonte de reprodução: Getty imagens

Dificuldade em ligar o carro

Seu carro requer uma enorme onda de energia para ligar o motor. Com uma bateria com defeito, você notará que o motor gira mais lentamente do que o normal e o carro demora mais para dar partida. Muitas vezes, você receberá apenas um ou dois sinais de alerta dessa natureza antes que a bateria acabe completamente, portanto, não a ignore. Se, ao girar a chave, você ouvir um clique, não há energia suficiente para dar partida no motor. Se este for o caso, você precisará iniciar sua bateria e instalar uma nova bateria o mais rápido possível.

Baixa/perda de energia elétrica

A bateria do seu carro não apenas dá partida no motor, mas também alimenta os vários componentes eletrônicos dentro do veículo, como vidros elétricos, luzes, aquecedores e assentos. Uma perda de energia elétrica geralmente é mais perceptível nos meses mais frios, quando esses sistemas estão funcionando mais do que o normal.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Símbolo de aviso do painel

Um símbolo de bateria iluminado pode estar relacionado a um terminal de partida solto, um alternador com defeito ou até mesmo um cabeamento danificado. Se a luz permanecer acesa durante a condução, provavelmente há um problema com a correia do alternador (responsável por carregar a bateria enquanto estiver em movimento). Isso não deve ser esquecido – um sistema de carregamento defeituoso pode deixá-lo encalhado.

Quando a bateria pode te deixar na mão

Os carros evoluíram e estão cobertos por tecnologias embarcadas, desde sistemas que facilitam a vida do motorista até outros que entretêm os passageiros. No entanto, de nada adianta ter tanto avanço se não há uma bateria saudável para alimentar a ignição e, consequentemente, todos esses circuitos.

As baterias de um automóvel não têm prazo de validade. Portanto, se a do seu carro estiver funcionando normalmente, não é necessário realizar a sua troca.

Mesmo assim, é importante saber que o componente tem uma vida útil média de dois ou três anos. Depois disso, aumentam muito as chances de o motorista ficar na mão se não souber detectar os sinais de desgaste do componente.

Para escapar de uma enrascada, fique atento ao “olho mágico” da bateria para saber o nível de carga e analise o quanto o veículo demora para dar partida. Esses são os primeiros sinais de que há algo de errado.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Quando a bateria pode te deixar na mão

Os carros evoluíram e estão cobertos por tecnologias embarcadas, desde sistemas que facilitam a vida do motorista até outros que entretêm os passageiros. No entanto, de nada adianta ter tanto avanço se não há uma bateria saudável para alimentar a ignição e, consequentemente, todos esses circuitos.

As baterias de um automóvel não têm prazo de validade. Portanto, se a do seu carro estiver funcionando normalmente, não é necessário realizar a sua troca.

Mesmo assim, é importante saber que o componente tem uma vida útil média de dois ou três anos. Depois disso, aumentam muito as chances de o motorista ficar na mão se não souber detectar os sinais de desgaste do componente.

Para escapar de uma enrascada, fique atento ao “olho mágico” da bateria para saber o nível de carga e analise o quanto o veículo demora para dar partida. Esses são os primeiros sinais de que há algo de errado.

SOM DE CLIQUE AO GIRAR A CHAVE

Quando você gira a chave na ignição, a bateria do carro envia uma corrente para um componente elétrico, chamado solenóide de partida, para fazer as coisas funcionarem. Uma bateria com defeito terá dificuldade em executar esta função e a corrente elétrica enviada ao motor de partida será mais fraca. Quando o motor de partida recebe energia reduzida ou insuficiente da bateria, geralmente faz o ruído de clique que você está ouvindo.

ESCURECER OS FARÓIS

Se a bateria do seu carro estiver falhando, ela não poderá alimentar totalmente os componentes elétricos do seu veículo – incluindo os faróis. Se você notar que seus faróis parecem fracos e mais fracos do que o normal, tome nota! A luz reduzida não é apenas um problema de segurança, mas também significa que a bateria do seu carro está quase esgotada.

CONTRA-FOGO

Este é um sinal de alerta que você não pode perder! Uma bateria de carro com defeito pode causar faíscas intermitentes. Essas faíscas esporádicas podem levar ao acúmulo de combustível nos cilindros. Quando este combustível acumulado é aceso, é aceso repentinamente e com força aumentada, fazendo com que seu carro saia pela culatra. Lembre-se de que o disparo pela culatra pode ser um sintoma de vários problemas diferentes, portanto, um teste de bateria é fundamental aqui!

 O motor dá partida, mas não dá partida

Se o seu motor de partida ou capotar quando você girar a chave, mas não der partida, provavelmente a bateria é o problema. Há uma chance de que possa ser sua partida, mas 94% das vezes, é realmente sua bateria, mesmo que o carro esteja dando partida com bastante força. E o testado de bateria do seu carro diga que sua bateria é boa, ela ainda pode estar alguns volts abaixo que seu veículo precisa para funcionar com eficiência. Uma solução de curto prazo seria fazer com que a bateria do seu carro “saltasse”. Reinicializar sua bateria com cabos de salto fará com que seu veículo volte a funcionar novamente. Se você tiver, é útil que você possa ajudar e ajudar você a ajudar e ajudar o veículo de outra pessoa.

Fonte: https://mundoeducacao.uol.com.br/quimica/bateria-automovel

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.